Local view for "http://purl.org/linkedpolitics/eu/plenary/2016-02-24-Speech-1-194-000"

PredicateValue (sorted: default)
rdf:type
dcterms:Date
dcterms:Is Part Of
dcterms:Language
lpv:document identification number
"en.20160224.14.1-194-000"1
lpv:hasSubsequent
lpv:speaker
lpv:spoken text
"Senhora Presidente, estamos de acordo quanto aos inconvenientes das políticas de austeridade. Mas, a começar, é preciso que alguns dos que apelam à solidariedade dos que cumprem regras não tornem inevitável a austeridade, como sucedeu em Portugal, governando mal os socialistas até 2009. Um país que gasta mais do que pode pagar condena-se intoleravelmente e endivida as gerações futuras. Foi por isso que as opções de despesa absurdas até 2009 significaram – condição necessária – défice, dívida, desemprego, recessão, incapacidade de financiamento nos mercados e a troica. Agora, em 2016, os mesmos socialistas que governam, tendo perdido as eleições, insistem de novo em orçamentos fantasistas, onde preveem crescimento acima – veja-se lá – da própria média da União Europeia. Já vimos esse filme. Temo bem que saiba como isto vai acabar."@pt2
lpv:spokenAs
lpv:unclassifiedMetadata
lpv:videoURI

Named graphs describing this resource:

1http://purl.org/linkedpolitics/rdf/Events_and_structure.ttl.gz
2http://purl.org/linkedpolitics/rdf/Portuguese.ttl.gz
3http://purl.org/linkedpolitics/rdf/spokenAs.ttl.gz

The resource appears as object in 2 triples

Context graph